queridos pet's

PitaPata Cat tickers PitaPata Cat tickers PitaPata Cat tickers> PitaPata Cat tickers PitaPata Cat tickers

quinta-feira, 24 de setembro de 2009

Educação... transformadora ou reprodutora?

Li um artigo interessante de Roberto Carlos Simões Galvão, intitulado "Educação, Trabalho e Cidadania", que discorre, com base na sociologia marxista, sobre o papel da educação na formação da Cidadania. Segundo o autor, a educação vem sendo responsabilizada como a saída para todas as mazelas sociais, como se, através dela, e somente através dela, fosse possível chegar ao mercado de trabalho e com essa chegada, ascender socialmente. Mostra que isso é uma visão bem típica do mundo capitalista, que moldura a educação nos padrões burgueses, reproduzindo e naturalizando suas desigualdades, domesticando o indivíduo ao mundo do trabalho e ao sistema neoliberal. Ele defende uma educação que desenvolva o lado crítico (e não que apenas treine para um mercado capitalista e uma vida burguesa) e mais, ela não pode ser vista como única saída; ela desenvolve sim a cidadania, mas deve ser associada a outras mudanças econômicas e sociais que são essenciais, como melhor distribuição de renda, prestação competente e abrangente de serviços sociais (saúde, saneamento, habitação, etc.), para aí, sim ser propulsora da cidadania e de uma verdadeira transformação social. Só assim desvinculará a cidadania do conceito do estado burguês que vê como cidadão aquele que consome e que respeita a ordem social estabelecida.
PS: Quem tiver um tempinho e interesse, procure o texto no "google" e leia na íntegra (está em pdf). Vale muito a pena.

2 comentários:

Boris disse...

Muito bom este texto, eu já havia lido alguma coisa a respeito de outros autores, sobre as "funções" q estão sendo atribuidas a educação, assim como o q se espera dela.
Quando achar o texto te mando.
bjos

Leti Abreu disse...

Sim, tem vários autores que abordam esse assunto... o próprio Bourdieu, que é um de meus favoritos (sou bourdiana assumida, ehehe).